Dicas e Cuidados

Um animal bem alimentado é um amigo feliz. Forneça alimentos apropriados, de acordo com a espécie e a idade do animal. Os adultos devem ser alimentados duas vezes ao dia, e os filhotes de quatro a seis vezes ao dia. Mantenha sempre a água limpa e fresca à disposição. Recolha os restos de alimentos do comedouro do animal, evitando, assim a proliferação de ratos, baratas e formigas..

Seu amigo também precisa ir ao médico. Ao desmamar, ele deve visitar o médico veterinário para desverminar e receber as vacinas. Os filhotes devem ser vacinados com 2, 3 e 4 meses de idade, e os adultos anualmente, com vacina contra a raiva e doenças próprias da espécie. Providencie a vermifugação do seu animal seguindo as orientações veterinárias a esse respeito. E não se esqueça de levá-lo para fazer exercícios. .

A saúde bucal está intimamente relacionada com a saúde geral de cães e gatos. Um animal que não tem uma boa saúde bucal terá sua saúde geral comprometida e uma vida não tão saudável. Por esse motivo, visitas regulares ao médico veterinário e um programa de cuidados bucais em casa são extremamente importantes para a saúde dos animais.

O mau hálito é decorrente, dentre outras causas, da placa bacteriana que se acumula sobre os dentes causando o mau cheiro e agride também as estruturas de proteção e sustentação dos dentes, causando a doença periodental. Ocorre inicialmente a inflamação da gengiva, que evolui para a perda do dente. Além disso, podem ocorrer situações mais graves, como a invasão bacteriana de órgãos como coração, fígado e rins, causando problemas mais sérios.

O tártaro é a placa bacteriana mineralizada pelos sais presentes na saliva. A sua presença deixa a superfície dos dentes irregular, facilitando o acúmulo de mais placa, e agravando a doença.
Por isso, forneça sempre a ração adequada para cada fase e categoria animal, de acordo com a orientação do médico veterinário.

Escovar os dentes do animal periodicamente, utilizando pastas e escovas dentais específicas (não usar as pastas humanas).

O animal deve ser acostumado à escovação desde filhote, caso contrário, dificilmente aceitará esse procedimento quando adulto.

Fornecer biscoitos específicos para pets que promovam a limpeza dental.

Não fornecer doces, pães e alimentos não apropriados para cães e gatos.

Levar o animal regularmente ao médico veterinário para avaliação da saúde bucal e realizar tratamento adequado em caso de tártaro.

Dê preferência para banhar o animal nas horas mais quentes do dia.
Antes de iniciar o banho é importante proteger os ouvidos do gato com algodão, evitando a entrada de água.
Utilize água morna e sabão ou xampu neutro específico para pets.
Após o banho o animal deve ser bem seco, com secador ou naturalmente. A umidade no pêlo pode trazer cheiro desagradável e problemas de pele.
Escove regularmente a pelagem do animal para desembaraçar os pêlos, retirar sujeira e pêlos mortos. .

Uma identificação visível pode salvar a vida de gatos e cachorros. Acidentes acontecem e quando eles ocorrem, animais perdidos dependem da identificação em sua coleira contendo o nome, endereço e telefone dos donos. A cada 3 meses, verifique se a coleira não está muito apertada.

Cachorros não suam portanto no calor, nunca deixe seu cachorro no carro. Mesmo com os vidros abertos, o animal pode ter danos cerebrais ou até mesmo morrer em 10 minutos. Sempre deixe seu cachorro à sombra (de preferência sob uma árvore ao invés de dentro de uma casinha de cachorro pois estas absorvem calor). É muito mais seguro deixar seu cachorro dentro de casa durante os dias muito quentes. Para combater as pulgas, penteie seu cachorro com um pente especial para que os ovos possam ser removidos também e use um spray contra pulgas tanto no animal quanto no carpete.

Onde nos estamos:

Boa Viagem

Rua Félix de Brito Melo nº 720
Boa Viagem – Recife – PE
Fone: (0xx81) 3462-0818 / 3077-2155

Candeias

Av. Pres. Kennedy N 4360
Candeias – J. Guararapes – PE
Fone: (0xx81) 3468-9052 / 3361-1579

Amigo Bicho 2020 – Desenvolvido pela Akilli Brasil

Scroll Up